[sempre de acordo com a antiga ortografia]

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Sintra – Eleições Autárquicas
2009

MANIFESTO
DE APOIO A ANA GOMES


Através da nossa frequente intervenção cívica, quer em sessões de Assembleia Municipal e de Reunião Pública de Câmara, quer em artigos publicados em jornais e revistas regionais, blogues, etc., estaremos entre os sintrenses que mais frequentemente se manifestam pela defesa dos interesses da causa pública.

Neste contexto, quando se justificou, não regateámos apoio ao actual Presidente da Câmara, sempre no sentido de que o concelho desse passos rápidos para o desenvolvimento e melhoria da qualidade de vida dos seus habitantes.

Confiámos que, tanto o Património Histórico como as outras componentes Culturais e o Turismo sintrenses beneficiariam do anunciado desenvolvimento sustentado, aproximando-os das sociedades mais evoluídas, em condições ideais à recuperação do tempo perdido.

Ao longo de oito anos, sendo os últimos quatro com maioria absoluta, esperámos pela concretização de novos projectos em que Sintra pudesse ser mais do que metáfora utilizada em estéreis discursos políticos, antes um território de bem-estar colectivo, com manifesta evolução qualitativa.

Ainda que não se deixe de valorizar a desistência de construção do parque de estacionamento subterrâneo na Volta do Duche, ou a não concretização do famigerado Parque Temático Sintralândia, bem como a rejeição de um desadequado projecto para o Vale da Raposa, não podemos salientar outros actos particularmente relevantes.

Infelizmente, também não assistimos à concretização de estruturas determinantes da qualidade de vida, tais como parques periféricos de estacionamento, recuperação do Centro Histórico, matrizes incentivadoras do comércio de proximidade, uma nova rede de transportes públicos estratégicos, higiene urbana e turismo qualificado.

Esgotaram-se as nossas ambições de índole colectiva. Não obtivemos resultados compatíveis com a vontade expressa pelos munícipes, ao passo que elevados recursos financeiros foram canalizados para entidades cujos projectos não respondem às necessidades em presença.

Nestes termos, após detida análise, decidimos apoiar a candidatura da sintrense Ana Gomes, prestigiada figura da vida política nacional e internacional, porque se nos afigura como reunindo os meios e as condições bastantes para liderar o processo que conduzirá Sintra à fase de evolução positiva que merece

Na nossa qualidade de cidadãos independentes, gostaríamos de salientar que este inequívoco apoio à candidatura de Ana Gomes, nas eleições autárquicas, não deve ser entendido como extensível a qualquer das candidaturas envolvidas nas Eleições Legislativas.


Em Sintra, aos 23 de Setembro de 2009
João Cachado
Fernando Castelo

8 comentários:

João Gonçalves disse...

Não acredito em milagres mas subscrevo este vosso apoio. Sintra tem de mudar. Só espero que caso venha a ser eleita, não defraude as expectativas de quem ainda tem esperança de que os políticos pensem no bem comum e não apenas nos seus interesses... Não quero com isto dizer que o Dr. Fernando Seara o tenha feito (tenho quase a certeza que não), sendo antes um caso de incapacidade de dar a volta a isto e, desculpem, virar Sintra do Avesso.

Anónimo disse...

Embora não saiba das vossas simpatias partidárias, julgava que o João Cachado era afecto ao BE. Mas fico muito contente com o apoio à Drª Ana Gomes que é a candidata do meu partido. Tenho a certeza de que é a única candidatura com hipóteses de fazer algo para que Sintra abandone este ciclo em que a qualidade de vida dos munícipes piorou tanto. Tenho a certeza de que há muitos independentes como o João cachado e o Fernando Castelo que assinam por baixo este manifesto. Muitos parabens pela decisão.
Fernanda

Ricardo Santos disse...

Força João Cachado e Fernando Castelo. Vocês representam muitos independentes que confiam em Ana Gomes. Ela vai ganhar Sintra e finalmente, Sintra vai mudar.

Ricardo Santos

Anónimo disse...

Deram-me grande alegria com este manifesto. Acreditem que dedobro ânimo até pelos comentários. Já estava inclinada por esta solução e vocês para mim são uma referência. Obrigada João Cachado e Fernando Castelo.
Raquel

Teresa Lucas disse...

Já se percebeu. Votar em Ana Gomes não é votar no PS. Ainda bem que independentes responsáveis tomam esta atitude de apoio. Ana Gomes merece uma base alargada de suporte à sua candidatura. Eu não sou PS mas sou mulher de esquerda e também estou com ela.

Teresa Lucas

Maria Elisa Gomes da Silva disse...

Senhores,
Leio o vosso blogue várias vezes mas o meu marido é frequente e chama-me a atenção para muita coisa aqui debatida. Foi o que se passou com este manifesto.
Permitam-me que aqui APELE ÀS MULHERES DESTE CONCELHO para que meditem na candidatura da senhora embaixadora Ana Gomes e possam definir que ela é a esperança no fundo de um túnel por onde temos passado nos últimos anos.
Muitas pessoas, que não critico e que até compreendo, especialmente homens que se dedicam mais ao desporto, deixaram-se levar pela hábil campanha daquele que se auto-intitulou "o careca do Benfica" porque sabe que muita gente tem essa opção clubista. E foram na onda, como muitas vezes se diz.
As nossa crianças ou estão em casa ou andam na rua quase perdidas e as conversas têm sido sempre as mesmas com a desculpa da falta de dinheiro quando nunca em Sintra houve tanto dinheiro em receitas.
Apelo às mulheres sintrenses que meditem e procurem estudar com os seus maridos e os seus filhos aquilo que tão pouco foi feito por todos nós nestes 8 anos para que não sejamos castigados por mais 4.
Mulheres de Sintra pensem no futuro e que a senhora embaixadora Ana Gomes é uma das últimas esperanças que nos restam.
Muito grata pela atenção,
Maria Elisa Gomes da Silva

Mário disse...

Fico desde logo surpreendido pelo facto de o manifesto estar em duplicado.
Mas mais surpreendido fico com o apoio a Ana Gomes, da qual não se conhece um acto à senhora em defesa de Sintra; que se candidata após assegurar um "tacho" no Parlamento Europeu e já afirmou que caso não vença, como é bastante provável, não ficará na oposição, mas sim em Bruxelas.
Se Sintra fosse o seu interesse primário, seguramente que ficaria em Sintra, porque não há um bom governo sem uma oposição empenhada.
Que país este em que há pessoas que apoiam candidatas como Ana Gomes e Elisa Ferreira !

António Santos disse...

A Ana gomes abraçou este projecto, como poderia ser outra figura, mas ainda bem que foi ela.
O que está em causa e ninguém tem dúvidas, é que Sintra precisa de mudança, "não queiram tapar o sol com uma peneira", belisquem-se mas acordem de vez, mais do mesmo não por favor.
O pensamento de Ana Gomes é democrático e legítimo. Se os Sintrenses preferirem continuar na mesma, será certamente porque se sentem bem com a inércia que este concelho vive, sendo assim, não valerá a pena perder tempo precioso, quando pode ser
aproveitado em coisas muito mais úteis para o País.
Sintra precisa de alguém com a fibra, o conhecimento e o ser conhecida mundialmente como Ana Gomes é.
Mulheres de Sintra, vamos apoiar a 100% a candidatura da mudança, Sintra agradece, verá que não se arrepende, todos e todas com Ana Gomes.