[sempre de acordo com a antiga ortografia]

quarta-feira, 22 de julho de 2015



Museu de Odrinhas,
o mais empenhado agradecimento


[facebook, 26.05.2015]

Este é um dos mais dinâmicos espaços culturais de Sintra onde, com os meus queridos amigos José Cardim e Teresa Simões, respectivamente, director e subdirectora e todo - atenção, todo! - o pessoal do Museu, passei horas de animação cultural das mais bonitas da minha vida.

Vejam lá que tiveram artes de me fazer assumir a histórica personagem de Mestre André de Resende, participando em 'serões dramáticos' durante os quais se promove a divulgação do extraordinário acervo do Museu. De facto, dificilmente poderei dizer-vos acerca do que, a nível pessoal, tal experiência me enriqueceu.

Não podem imaginar o que aprendi em relação ao modo como uma equipa de funcionários públicos consegue vestir a camisola de um projecto de promoção de uma casa que revive diariamente o passado de um território onde reside a nossa identidade remota.

Ali, em Odrinhas, está um dos melhores lugares onde palpita o coração de Sintra. Referia eu o passado? Então, permitam que emende. Não, ali vive-se um dos melhores momentos da actualidade cultural de Sintra. Como eu gostaria que a estratégia de partilha das nossas riquezas pudesse contemplar um circuito que ali fizesse deslocar o público interessado!

De facto, não o centro histórico, mas uma das mais fortes «centralidades históricas» de Sintra, está sediada em São Miguel de Odrinhas. Graças a Deus, há inúmeros estudantes que conhecem e vibram imenso naquele espaço que dispõe de um serviço de animação educativa, de excepcional gabarito, a cargo de outra minha amiga, a Marta Ribeiro [qual Infanta Dona Maria, irmã do senhor D. João III, com quem eu contracenava nos acima referidos serões...].

De tal maneira é o interesse dos miúdos que, por exemplo, o meu neto Pedro Maria ainda hoje guarda o caderninho de notas que eu lhe tinha oferecido - comprado numa papelaria em Salzburg, memória e pequenino presentes de viagem - que ele encheu com os apontamentos tirados durante uma visita de estudo. Não esquecerei o entusiasmo com que me falou acerca do que lá aprendeu. Absolutamente inestimável o valor do trabalho que lá se faz de sensibilização para a História em geral e Arqueologia em particular.

Se querem que vos diga, não consigo exprimir o que devo a estes amigos. Não há elogio, encómios que me satisfaçam. Em Odrinhas, dispomos de e alcançamos alguns dos mais estupendos 'momentos' de propícia partilha de vivência cultural.
 
Odrinhas? É um privilégio!
 
Ver mais

FOTO DO DIA - Museu Arqueológico de São Miguel de Odrinhas
( http://www.cm-sintra.pt/museus/museus#masmo )
 

Sem comentários: